Finanças Pessoais

Como fazer um balanço pessoal?

Finanças Pessoais > Como fazer um balanço pessoal?

 

   

Nas empresas um balanço serve como um documento contabilístico que mostra a situação patrimonial da empresa, num determinado momento. A situação patrimonial da empresa é, em termos líquidos, a diferença entre aquilo que tem (os seus activos) e aquilo que deve a terceiros (os seus passivos). Tal como uma empresa precisa de conhecer a sua situação patrimonial hoje, também nós devemos conhecer a nossa. Assim, um balanço pessoal é a ferramenta que lhe permite responder à questão:

Quanto valho hoje financeiramente?
O apuramento do balanço pessoal faz-se listando todos os seus passivos e activos, sendo importante relembrar estes dois conceitos:

Activo
Considera-se um activo financeiro qualquer recurso económico detido por si que tenha valor. Assim, qualquer bem que possa ser convertido em dinheiro deverá ser considerado um activo. Existem diferentes tipos de activos como:

  • Activos financeiros como acções, obrigações ou produtos derivados que geram mais retorno com base nos juros.
  • Activos intangíveis como patentes, direitos de autor ou goodwill de empresas que têm normalmente valor pela renda que a exploração que possibilitam ao seu proprietário.
  • Activos tangíveis como imobiliário, arte, ou selos. Poderão ter menor liquidez do que os activos financeiros.

Passivo
Um passivo pressupõe uma dívida junto de um credor. Quando contraímos um crédito pessoal estamos a assumir um passivo, sendo a prestação mensal que pagamos a despesa que esse passivo gera. É muito mais fácil prevenir para não ter passivos do que cortar com eles quando já está em processo de endividamento, porque por exemplo os créditos bancários podem ter comissões de liquidação antecipada em determinadas condições.

De forma a criar o seu Balanço Pessoal, comece por listar todos os seus activos e passivos, com os respectivos valores de mercado. Terá assim uma fotografia da sua situação financeira num dado momento. Veja a imagem abaixo com um exemplo de um balanço pessoal.

Para apurar um dos indicadores financeiros mais importantes, o valor líquido do cliente, subtrai-se ao total dos activos o total dos passivos, como demonstra a simples fórmula que se segue:

Valor Líquido = Total Ativos – Total Passivos

O valor líquido é o montante que obteria se vendesse todos os seus activos e com esse dinheiro liquidasse todos os seus passivos, assumindo que não existem comissões de liquidação antecipada. Para o cálculo do valor líquido não interessam rendimentos ou despesas, só activos e passivos. Naturalmente que o valor líquido vai variando em função da fase da vida em que nos encontramos e terá bastantes oscilações, sendo habitual um jovem ter um valor líquido baixo, comparativamente com alguém que se está a aproximar da idade da reforma.